Horizon Zero Dawn

Plataformas Disponíveis
Gênero

Ação , Aventura , RPG

Data de lançamento

28 de Fevereiro de 2017

Desenvolvedora

Guerrilla Games

Editora

Sony Interactive Entertainment

Ofertas
Um exuberante mundo pós-apocalíptico Como as máquinas dominaram esse mundo e o que pretendem? O que aconteceu com a civilização que habitava esse lugar? Vasculhe cada canto de um reino repleto de relíquias antigas e construções misteriosas para desvendar o passado e desenterrar os vários segredos de uma terra esquecida.

Horizon Zero Dawn é o novo game de aventura exclusivo para PS4. Com gráficos incríveis, um mapa aberto gigantesco e um enredo que prende a atenção, o título se destaca como uma das melhores opções para o console da Sony. Confira o nosso review completo do jogo:

Horizon Zero Dawn mantém visual e boa jogabilidade na E3 2016

A jornada de Aloy

O jogo se passa num futuro muito distante onde o planeta Terra, agora, vive sob o domínio de uma espécie de “criaturas jurássicas robóticas”. No game, você assume o controle de Aloy, uma jovem que, quando criança foi abandonada por seus pais e acabou sendo criada por exilados da tribo Nora.

Ao longo do jogo, você embarca em uma jornada que conta a história da personagem, desde os mistérios envolvendo seu nascimento, até a sua evolução como guerreira. Em meio a isso, há uma serie de reviravoltas que tornam o roteiro incrivelmente envolvente.

Também há a possibilidade de moldar a personalidade de Aloy de acordo com o rumo dos diálogos. Em outras palavras, suas respostas fazem com que a personagem seja uma figura mais amistosa ou até mesmo mais firme em suas atitudes. Pena que isso não leva a uma boa quantidade de finais diferentes.

Horizon: Zero Dawn nos mostra mais da história de Aloy e eu perigoso mundo (Foto: Reprodução/Game.co.uk) (Foto: Horizon: Zero Dawn nos mostra mais da história de Aloy e eu perigoso mundo (Foto: Reprodução/Game.co.uk))

Visual de cair o queixo

Horizon Zero Dawn se destaca por ser um dos games com os gráficos mais encantadores dessa atual geração. O trabalho feito pela produtora Guerrilla Games consegue imergir o jogador de uma forma nunca antes vista, tanto nas suas diversas animações quanto no gameplay.

Os cenários impressionam pela riqueza de detalhes. Tanto a vegetação quanto o relevo do jogo possuem características de cada região do mapa. Em outras palavras, em ambientes mais frios há um determinado tipo de espécies, enquanto em partes mais quentes é tudo bem diferente.

Horizon Zero Dawn (Foto: Divulgação/Sony) (Foto: Horizon Zero Dawn (Foto: Divulgação/Sony))

Com os personagens, o excelente trabalho foi mantido. Tanto nas animações, que conseguem expressar o sentimento das cenas, quanto no jogo rolando, com detalhes como tatuagens, cicatrizes, vestimentas etc. As criaturas também possuem um cuidado especial. É fácil diferenciar cada uma delas por suas características, tamanho e movimentação.

Pena que a dublagem do game em português deixe um pouco a desejar. Nos personagens principais houve um cuidado especial com entonação e até mesmo o encaixe dos diálogos. Já nos coadjuvantes, é possível notar uma falta de cuidado, seja para expressar os sentimentos que a cena exige, ou na hora de encaixar uma fala no movimento da animação.

Horizon: Zero Dawn coloca o jogador contra monstros gigantes (Foto: Divulgação/Sony) (Foto: Horizon: Zero Dawn coloca o jogador contra monstros gigantes (Foto: Divulgação/Sony))

Combates com alguns problemas

O sistema de combate de Horizon Zero Dawn deixa a desejar. Quando armas como arco e flecha ou metralhadoras são utilizadas, o sistema de mira funciona muito bem. Além disso, algumas habilidades ajudam, como as que criam uma espécie de câmera lenta para que Aloy execute um disparo mais preciso.

Já o sistema de combate direto, com a utilização de sua lança é falho. Isso porque a câmera do jogo atrapalha bastante as ações, seja na hora de desviar dos ataques dos oponentes ou para encontrá-los e efetuar um contra golpe.

A sensação é de que faltam elementos nesse sistema, como uma opção de fixar a mira em um determinado alvo ou inimigo. Isso facilitaria bastante, principalmente na hora de realizar as acrobacias para fugir dos ataques de seus adversários sem perde-los de vista.

Horizon: Zero Dawn (Foto: Divulgação/Guerrilla Games)

Evoluindo suas habilidades e construindo seus itens

Outro ponto que merece destaque no game é o sistema de evolução de habilidades. Eles são essenciais para obter sucesso no jogo, já que boa parte dessas habilidades são vitais para os confrontos, como, por exemplo, ampliar o armazenamento de itens.

Para conquistar novas habilidades é preciso acumular pontos de experiência, que são adquiridos com ações no jogo. Eliminando criaturas ou cumprindo objetivos, você acumula XP para passar de nível e desbloquear novas habilidades. Isso faz com que a vida útil do game seja ampliada, instigando o jogador a evoluir antes de prosseguir nos objetivos principais.

Também há formas de melhorar seu equipamento ao longo do jogo ou até mesmo criar. Para isso, é preciso acumular itens, desde plantas específicas até sucatas de criaturas robóticas derrotadas.

Horizon: Zero Dawn (Foto: Divulgação/Sony)

Conclusão

Horizon Zero Dawn é mais um título exclusivo do PS4 que justifica a compra do console. Com um visual incrivelmente detalhado e um enredo repleto de reviravoltas que prende o jogador em longos diálogos, os problemas de jogabilidade não comprometem o resultado final dessa obra prima que tem tudo para ser a nova galinha dos ovos de ouro da Sony.

Sorry, no post found.

9

Incrível

Pros

  • Trama envolvente
  • Gráficos encantadores
  • Sistema de evolução
  • Personagem carismática

Cons

  • Dublagem decepciona em alguns momentos
  • Combate corpo a corpo problemático